Olá! A todos os usuários deste site, venho pedir uma Doação para ajudar a manter este site no ar, O motivo do site não abrir foi por falta de espaço pedi para o servidor aumentar e fica cada vez fica mais caro, porque tem muita imagem, quase 10 mil quebra cabeça, e estou colocando novidades a cada 60 dias, poderia colocar a cada 30 dias se tivesse mais espaço, Por esse motivo que eu peço a Doação porque não estou conseguindo pagar o servidor,  não quero cadastro no site é grátis para todo mundo, Doe qualquer quantia por menor que seja será de grande ajuda, a união faz a força, Gráto.

Para Depósito ou Transferência

Banco do Brasil

Nome: Anisio Pereirada Silva

Ag: 1008-1 - Conta Corrente: 47872-5

 

Castelos e Casas

- Um castelo (diminutivo de castro) é uma estrutura arquitectónica de fortificação, com funções defensivas e em alguns casos residencial (muitos castelos serviam apenas como postos de vigia, por exemplo o Castelo de Almourol). De tipo permanente, era geralmente erguido em posição dominante no terreno, próximo a vias de comunicação (terrestres, fluviais ou marítimas), o que facilitava o registo visual das forças inimigas e as comunicações a grandes distâncias.]
Uma casa (do latim casa) ou uma residência (do latim residentia) é, no seu sentido mais comum, uma parede construída pelo ser humano cuja função é constituir-se de um espaço de moradia para um indivíduo ou conjunto de indivíduos, de tal forma que eles estejam protegidos dos fenômenos naturais exteriores (como a precipitação, o vento, calor e frio, entre outros), além de servir de refúgio contra ataques de terceiros. Apesar de seu caráter artificial em relação às construções naturais, originalmente o homem utilizou-se de formações naturais, como cavernas, para suprimir as demandas de uma residência, porém estas estruturas tendem a caracterizar-se mais como um abrigo que como um lar. Neste sentido, a casa é entendida como a estrutura que para além de constituir-se como abrigo, define-se como uma construção cultural de uma dada sociedade. A residência, portanto, corresponde ao arquétipo da habitação — termo que normalmente é empregado por especialistas para ser referir ao ato de morar e às suas várias possibilidades e configurações, enquanto a casa é entendida como o objeto da moradia.